Turismo nos Alambiques Paulistas Pirassununga SP

História da Cachaça de Pirassununga

História da cachaça em Pirassununga

edit

A Cachaça em Pirassununga é famosa, e não por acaso, pois desde a chegada dos imigrantes europeus no Brasil que é fabricada na região. O grande movimento de imigrantes vindos para o Brasil ocorreu por volta de 1820 a 1830. Inicialmente os italianos foram trabalhar no interior de São Paulo, na cultura do café.  Logo montaram seus alambiques em Pirassununga e produziam para consumo próprio.  Vendiam eventualmente, porque a fama da cachaça dos alambiques de Pirassununga logo se alastrou pelo país.

Muitas familias produziam a cachaça (vamos, mais a frente citar todas aqui..) e revendiam a comerciantes das cidades vizinhas para revenda.  Dessa forma, surgiram mais de cem marcas de cachaça em Pirassununga por volta de 1920. A cidade possuia uma imensidão de marcas, e já era conhecida como “a terra da cachaça” . As cachaças eram todas feitas em alambique e os produtores vendiam suas produções a granel para revenda.

Com a evolução do mercado, comerciante mais experientes foram surgindo e por volta de 1960 surge a 51, já com a familia Muller, que seguia a mesma regra dos anteriores, porém conseguiu fazer a companhia crescer .

Desde então, Pirassununga passou mais a ser conhecida pela 51 e pela cachaça de maior escala, produzida em colunas de destilação, porém, seus alambiques e familias produtoras permanecem ativas.

 

 

http://globotv.globo.com/eptv-sp/jornal-regional-ribeirao-preto/v/alambiques-na-zona-rural-de-pirassununga-contam-historia-da-cachaca/2329354/

 

Reportagem Globo TV – Alambiques da Zona Rural contam a Historia da Cachaça de Pirassununga