Turismo nos Alambiques Paulistas Pirassununga SP

Moagem da Cana para Produção da Cachaça

A moagem tem como objetivo final extrair o caldo e recuperar o açúcar que está dissolvido nos tecidos de reserva ou células parenquimatosas dos colmos de cana de açúcar. O processo de extração do caldo é um dos fatores mais importantes que governam o rendimento do processo produtivo.

A extração é feita através de moendas, que são constituídas por cilindros ou rolos e a bagaceira que é colocada entre os rolos para conduzir o bagaço entre o primeiro e o segundo esmagamento. Esse maquinário pode ser movido por motores elétricos, diesel, vapor ou otimizada. É importante que a máquina tenha um dispositivo para controlar a pressão, caso contrario, haverá ruptura do cilindro, ocorrendo um excesso de alimentação ou ainda a presença de metais e pedras que acompanham a matéria-prima.

Para que o processo de extração tenha a sua maior eficiência é necessário que se tenha um preparo da cana, uma embebição e um coamento e decantação do caldo.

Preparação da Cana

A finalidade desta etapa é destruir a resistência das partes duras dos colmos de cana,aumentando a capacidade de trabalho. Ela consiste na desintegração dos colmos,objetivando romper o maior número de feixes fibrovasculares, onde estão as células de armazenamento.

Embebição

Para conseguir uma maior quantidade de caldo extraído o bagaço é passado várias vezes pelas moendas. Após certo limite, a extração de caldo seco torna-se nula. Então faz-se necessário a realização de lavagem deste resíduo em processo com água ou uma mistura de água mais caldo,com a finalidade de diluir o caldo remanescente. Esse processo de lavagem é chamado de embebição.

Quando a extração possui esta etapa a extração de sacarose que seria de 85% no máximo chega a 92% em muitos casos.

A embebição pode ser simples, dupla, tripla, etc, dependendo do número de vezes que é realizada. Considerando-se o líquido empregado para a lavagem do bagaço ela pode ser simples quando é utilizado apenas água e composto quando é utilizada a mistura água+caldo.

Essa etapa da é feita através de tubos perfurados (pressurizados) ou calhas localizadas sobre os condutores intermediários, logo após a saída das moendas, quando bagaço comprimido está iniciando sua expansão.

Coamento e decantação do caldo

Esta etapa é a responsável pela retirada das impurezas ou bagacilho provenientes da extração do caldo. A sua separação é importante porque é uma fonte de contanimação e pode promover reações indesejadas que degradem a qualidade do produto final.

A separação pode ser realizada através de peneiras fixas, rotativas ou vibratórias. Em alguns estabelecimentos há também a utilização de coadores fixos, normalmente de náilon.

Após a passagem do caldo pelas peneiras, o mesmo vai para um decantador. Este decantador é constituído por um tanque inclinado, para facilitar a drenagem da água de lavagem, e deve ser dimensionado para que o tempo de passagem do caldo seja curto para que se evite ponto de inoculação ou multiplicadores de contaminantes.